Educon - Centro de Educação Continuada - PUCRS

Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Pós-Graduação,Porto Alegre

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Porto Alegre

CURSO DE Especialização

Educação Física Gerontológica

2ª Edição

Área do Curso
Saúde
Modalidade
Presencial
Turno
Manhã, Tarde, Noite

Apresentação

Programe-se

Início
29 de Março de 2019

Inscrições até 15/03/2019

Período
29/03/2019 a 17/04/2020
360 horas-aula
Dias e Horários
Quinzenalmente,
sextas-feiras, das 17h30min às 22h e sábados, das 8h às 18h30min.

Sobre o Curso

O sedentarismo ocorre em todas as idades mas na velhice ele é mais acentuado por diversas razões. A medida que a população envelhece, os profissionais da saúde enfrentam um grande desafio: promover a saúde geral destes indivíduos. Muitos trabalhos científicos mostram que a maioria dos problemas de saúde enfrentados pelos idosos está, em certa medida, relacionada ao estilo de vida sedentário. Por esse motivo os idosos devem ser encorajados a incorporarem uma atividade física no seu dia a dia. Apesar do envelhecimento os indivíduos mantêm a capacidade de adaptação ao treinamento com exercícios e podem, até mesmo, aumentarem a força, a flexibilidade e a resistência.

Desde a época da revolução industrial, a tecnologia vem avançando sempre e cada vez mais provocando uma notável transformação no ser humano: de trabalhador braçal, fisicamente ativo, para sedentário, estressado e com poucas oportunidades de desenvolver atividades físicas. Se por um lado o homem alcançou patamares de conforto e bem-estar nunca visto antes, por outro, deixou de praticar atividades físicas essenciais para a saúde humana. O sedentarismo ocorre em todas as idades mas na velhice ele é mais acentuado por diversas razões. À medida que a população envelhece, os profissionais da saúde enfrentam um grande desafio: promover a saúde geral destes indivíduos Muitos trabalhos científicos mostram que a maioria dos problemas de saúde enfrentados pelos idosos está, em certa medida, relacionada ao estilo de vida sedentário. Por esse motivo os idosos devem ser encorajados a incorporarem uma atividade física no seu dia a dia. Atualmente, temos indícios de que muitas das mudanças fisiológicas que ocorrem com o envelhecimento não são resultados do envelhecimento em si, mas da diminuição do nível de atividade física. Já está demonstrado que os idosos sedentários experimentam alterações mais significativas nas composição corporal e na deterioração da capacidade funcional do que aqueles que permanecem fisicamente ativos à medida que envelhecem. Apesar do envelhecimento os indivíduos mantêm a capacidade de adaptação ao treinamento com exercícios e podem, até mesmo, aumentarem a força, a flexibilidade e a resistência.

Objetivos

  • Qualificar educadores físicos para atuarem com a população idosa mediante o conhecimento da realidade e da compreensão das manifestações biológicas da velhice.
    Aprofundar os conhecimentos sobre as características biológicas do envelhecimento e a sua associação com as principais doenças que comumente afetam a saúde e a qualidade de vida dos idosos;
  • Contribuir para o entendimento dos principais métodos e técnicas de prevenção às doenças e agravos da saúde que comumente afetam os idosos;
  • Capacitar educadores físicos a prescreverem exercícios físicos adequados a idosos sadios e portadores de diferentes patologias, geralmente associadas;
  • Formar profissionais com consciência social e torná-los críticos e reflexivos pela aquisição de conhecimentos especializados , desenvolvimento de habilidades, promoção de competência e reflexão sobre o fazer profissional;
  • Construir um conhecimento que possibilite desenvolver a competência interpessoal e o autoconhecimento, para ampliar a liderança com vistas ao atendimento à população idosa com mais qualidade;
  • Proporcionar aos alunos uma formação pessoal e profissional que inclua conhecimentos e saberes sobre o processo de envelhecimento de modo a permitir-lhes a atuar no mercado de trabalho com competência, devidamente preparados a atender às necessidades dele advindas.

Público-Alvo

Profissionais de educação física e fisioterapeutas.

Unidade Promotora

Instituto de Geriatria e Gerontologia

Inscrições

Pode ser realizada pela internet ou presencial. O candidato deverá encaminhar o currículo. As vagas são limitadas e a PUCRS se reserva o direito de modificar e/ou prorrogar o período de inscrições.

Pré-Requisitos

Ser portador de diploma de graduação em Educação Física e registrado no Conselho Regional de Educação Física do seu estado.

Processo de Seleção dos Candidatos

  • Análise de Currículo;
  • Entrevista.

Documentos Necessários para Matrícula

Para fins de matrícula e confecção dos certificados de conclusão de curso é necessário que o aluno apresente, obrigatoriamente, no momento da matrícula UM dos seguintes documentos:

  • RG Civil (para brasileiros);
  • Carteira de Trabalho;
  • Passaporte;
  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de Conselho (deve constar no documento nome de pai e mãe e a naturalidade);
  • CNH (só será aceita como documento de identificação do aluno se for apresentada juntamente com documento complementar que informe a naturalidade do aluno).

Além de um dos documentos listados acima o aluno deverá, obrigatoriamente, enviar a cópia do diploma de graduação.

Período de Matrícula

Início: 07/11/2018
Término: 15/03/2019

Disciplinas

Introdução à Geriatria e Gerontologia

Os objetivos da disciplina são fundamentar a atuação do educador físico na apropriação crítica dos conceitos geriátricos.Refletir sobre a interdisciplinaridade e multiprofissionalidade na educação física e estudar os conceitos básicos que envolvem a geriatria e a gerontologia.

Nutrição e Envelhecimento

Esta disciplina tem como objetivo fundamentar as práticas de gestão e pesquisa em geriatria, baseando-se nos princípios e pressupostos alimentação e da nutrição saudáveis, para lidar com possíveis problemas e necessidades da alimentação por parte do idoso, seus cuidadores e equipes multidisciplinares e respectivos cuidados alimentares e nutricionais aplicados à promoção, prevenção, tratamento e reabilitação da saúde durante o processo de envelhecimento saudável ou fragilizado. São estudados os métodos de avaliação nutricional e recomendações nutricionais voltadas aos idosos; os problemas alimentares e nutricionais prevalentes no processo de envelhecimento saudável e fragilizado.

Funcionalidade e Incapacidade Motora no Envelhecimento

A disciplina se propõe ao estudo do processo de reabilitação nas mais diversas patologias que acometem ao idoso. Serão estudados fundamentos de reabilitação e técnicas especificas da reabilitação médica visando a um envelhecimento com autonomia e independência.

Doenças Cardiológicas no Idoso

A disciplina visa a abordar as principais doenças cardíacas que incidem nos indivíduos idosos.

Doenças Neurológicas no Idoso

A disciplina estuda as principais doenças neurológicas do idoso com ênfase também nas suas prevenções.

Doenças Oncológicas no Idoso

A disciplina estuda as principais doenças oncológicas que incidem nos indivíduos idosos. Ressalta a importância de medidas preventivas e aspectos relacionados à reabilitação.

Doenças Respiratórias no Idoso

A disciplina visa a abordar as principais doenças respiratórias que incidem no indivíduo que envelhece. Também serão comentados os aspectos preventivos das doenças respiratórias.

Doenças Reumatológicas no Idoso

A disciplina estuda as principais doenças reumatológicas que incidem nos indivíduos idosos. Ressalta a importância de medidas preventivas e aspectos relacionados à reabilitação.

Doenças Psiquiátricas no Idoso

A disciplina objetiva estudar o envelhecimento normal e patológico enfocando as principais doenças mentais nesta faixa etária. No estudo destas patologias destaca o quadro clínico e suas características. Aprofunda ainda o conhecimento da relação entre educador físico, o cuidador, os familiares e o paciente geriátrico.

Doenças Ortopédicas no Idoso

A disciplina dará ênfase às patologias mais frequentes que incidem no idoso e seus tratamentos como também se ocupará da reabilitação funcional e preventiva. Serão abordados igualmente os exercícios físicos para todo o sistema músculo esquelético envolvidos nas mesmas. Os temas serão: 1. Osteoporose 2. Artrose. 3. Lombalgia. 4.Cervicalgia. 5. Fraturas do idoso Membro superior 6. Fraturas do idoso Membros inferiores (quadril). 7. Reabilitação.

Doenças Endorcrinológicas no Idoso

A disciplina tem como objetivo a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento das principais doenças endocrinológicas que acometem os idosos. Ressalta a importância principalmente da obesidade, dislipidemias , diabete, síndrome metabólica e doenças da tireoide.

Doenças Urológicas no Idoso

Estuda as principais doenças urológicas que ocorrem nos indivíduos que envelhecem. Visa a prevenir, diagnosticar precocemente e tratar adequadamente as principais doenças urológicas do idoso.

Avaliação Postural do Idoso

Estudo das técnicas de avaliação postural e prescrição de treinamento físico para o idoso.

Avaliação Física do Idoso

Estudo das técnicas de avaliação física e prescrição do treinamento físico associado aos cuidados com os distúrbios do envelhecimento.

Atividades Aeróbicas para o Idoso

A disciplina estuda os processos de adaptação fisiológica no desenvolvimento de atividades aeróbicas para o idoso.

Atividades Anaeróbicas para o Idoso

A disciplina estuda os processos de adaptação fisiológica no desenvolvimento de atividades anaeróbicas para o idoso.

Exercícios Resistidos e Funcionais para Idosos

Análise de características biomecânicas e fisiológicas dos exercícios resistidos aplicados ao envelhecimento. Estudo da aplicação de conceitos biomecânicos e fisiológicos no contexto do treinamento funcional em idosos. Análise das bases fisiológicas e estruturais do envelhecimento no contexto do treinamento.

Biomecânica do Envelhecimento

Estudo dos aspectos cinéticos, cinemáticos e eletrofisiológicos da marcha humana aplicados à saúde do idoso. Estudo da arquitetura muscular in vivo e das propriedades mecânicas musculares durante o envelhecimento. Análise da eletromiografia de superfície em idosos. Estudo das técnicas de pesquisa em biomecânica, cinética, cinemática e eletromiografia, por meio de uma abordagem teórico-prática em laboratório, aplicadas ao envelhecimento.

Prescrição de Exercícios nas Doenças Geriátricas I

A disciplina visa capacitar no domínio do conhecimento e competência para orientação e prescrição do exercício físico nas doenças geriátricas no sentido de prevenção, manutenção e aumento do desempenho das funções físicas, cognitivas e nas condições relacionais.

Prescrição de Exercícios nas Doenças Geriátricas II

A disciplina visa capacitar no domínio do conhecimento e competência para orientação e prescrição do exercício físico nas doenças geriátricas no sentido de prevenção, manutenção e aumento do desempenho das funções físicas, cognitivas e nas condições relacionais.

Prescrição de Exercícios nas Doenças Geriátricas III

A disciplina visa capacitar no domínio do conhecimento e competência para orientação e prescrição do exercício físico nas doenças geriátricas no sentido de prevenção, manutenção e aumento do desempenho das funções físicas, cognitivas e nas condições relacionais.

Prática Supervisionada I

Visa capacitar a atuação do educador físico em condições de prática junto à população idosa.

Prática Supervisionada II

Visa capacitar a atuação do educador físico em condições de prática junto à população idosa.

Prática Supervisionada III

Visa capacitar a atuação do educador físico em condições de prática junto à população idosa.

Orientação para o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

O TCC poderá ser concluído no prazo máximo de até 6 meses após a realização das disciplinas. Os horários de orientação serão definidos por cada Unidade Acadêmica.

Professores

  • Me. Adriano Detoni Filho
  • Dr. Alfredo Cataldo Neto
  • Dra. Clarissa Bihel Printes
  • Dr. Douglas Sato
  • Dr. Eduardo Garcia
  • Esp. Fabiane de Oliveira Brauner
  • Dra. Fernanda Martins Marquesan
  • Dra. Inês Guimarães da Silveira
  • Dra. Jociane de Carvalho Myskiw
  • Me. Jorge Antonio Pastro Noronha
  • Dra. Luciana Roesch Schreiner
  • Dr. Mario Wiehe
  • Dr. Newton Luiz Terra
  • Dr. Osvaldo Andre Serafini
  • Esp. Paulo Ricardo Santos Nunes Filho
  • Dr. Rafael Reimann Baptista
  • Dr. Régis Gemerasca Mestreiner
  • Ma. Sônia Alscher

Coordenação

  • Prof. Dr. Newton Luiz Terra
  • terranl@pucrs.br
    Coordenador dos Cursos Lato Sensu do Instituto de Geriatria e Gerontologia.Mestre em Educação pela PUCRS. Doutor em Gerontologia Biomédica pela PUCRS.
  • Prof. Dr. Rafael Reimann Baptista
  • rafael.baptista@pucrs.br
    Possui graduação em Educação Física pela ULBRA (2000), especialização em Fisiologia do Exercício (2002), mestrado em Ciências do Movimento Humano (2005) e doutorado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2011). É professor adjunto na Escola de Ciências da Saúde da PUCRS, onde coordena o Laboratório de Avaliação e Pesquisa em Atividade Física (LAPAFI). Atualmente é Coordenador de Cursos Lato Sensu na Pró-Reitoria de Graduação e Educação Continuada (PROGRAD) da PUCRS e professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da PUCRS, atuando na linha de pesquisa em Engenharia Biomédica.

Investimento

Período de PagamentoValor da Matrícula
07/11/2018 a 16/12/2018R$ 484,50
17/12/2018 a 20/01/2019R$ 513,00
21/01/2019 a 17/02/2019R$ 541,50
A partir de 18/02/2019R$ 570,00
O pagamento deve ser realizado na data da matrícula. Os valores acima são válidos somente para os períodos informados.
PúblicoValor da Mensalidade
Público em geral
Matrícula + 18 parcelas de R$ 570,00
PUCRS Alumni
Matrícula + 18 parcelas de R$ 501,60
  • Para dependentes de funcionários da PUCRS;
  • Para professores, técnicos administrativos e pais de alunos da Rede Marista;
  • Grupos de 5 ou mais participantes de uma mesma empresa ou empresas conveniadas;
  • Funcionários do Centro Clínico, RAIAR e empresas instaladas no TECNOPUC;
  • Dependentes de funcionários do INSCER, Gráfica EPECÊ e HSL.
Matrícula + 18 parcelas de R$ 513,00
Estudantes com faixa etária de 50 a 59 anos
Matrícula + 18 parcelas de R$ 456,00
Estudantes com faixa etária superior a 60 anos
Matrícula + 18 parcelas de R$ 399,00

Matrícula

O pagamento do valor de matrícula deverá ser realizado na data da matrícula. O valor diferenciado, para as demais parcelas, é concedido a partir da primeira mensalidade do curso. As mensalidades iniciarão após o início do curso, com vencimento no dia 15 de cada mês, via boleto bancário.

Orientações Financeiras

Na modalidade de pagamento à vista é concedido ao estudante a redução de 10% sobre o valor de todas as parcelas. E, em havendo o cancelamento ou trancamento do curso, o cálculo dos valores de devolução referente as parcelas vencidas, será desconsiderada a redução concedida desde a matrícula paga.

Financie seu Curso com o Crédito Educativo

O Crédito Educativo possibilita o financiamento de 50% das parcelas do curso, com prazo de restituição equivalente ao número de parcelas utilizadas.



Você também pode estar interessado em