Curso de Especialização


Engenharia de Segurança do Trabalho – 34ª Edição

Esta especialização pretende atender à crescente demanda do mercado, beneficiando, desta forma, tanto as empresas que disporão de funcionários mais qualificados, quanto outros profissionais destas áreas. VAGAS LIMITADAS!

inscreva-se
INSCRIÇÕES INÍCIO DURAÇÃO

De 07/11/2017 a 23/02/2018

Dia 05/03/2018

De 05/03/2018 a 10/06/2019

16 meses ou 724 horas-aula.

introdução ao curso

Esta especialização pretende atender à crescente demanda do mercado, beneficiando, desta forma, tanto as empresas que disporão de funcionários mais qualificados, quanto outros profissionais destas áreas, que por seu próprio interesse, desejem ingressar ou aperfeiçoar-se neste campo em constante evolução. A profissão de Engenheiro de Segurança, conforme lei nº 7.410/85, é regulamentada pelo decreto no 92.530/86 e de acordo com a regulamentação do CONFEA, através da Resolução Nº 0359 (31/07/1991), Parecer nº 19/1987 (Conselho Federal de Educação).

horário das aulas

Semanalmente de segundas à quintas-feiras, das 19h30min às 22h45min. Dias e horários das aulas sujeito a alterações, a critério da coordenação do curso.

objetivos

O curso de Engenharia de Segurança do Trabalho possui os seguintes objetivos: capacitar profissionais para atuar em empresas industriais e do setor de serviços e em instituições de ensino, prevenindo a ocorrência de falhas na concepção e operação e preservando a saúde dos trabalhadores; propiciar aos profissionais condições para execução de programas de prevenção, assim como a elaboração de recomendações específicas, visando a melhoria das condições do trabalho.

público-alvo

Graduados em Engenharia e Arquitetura.

diferenciais do curso

  • Curso voltado para as práticas reais de mercado (indústria, serviço, comércio, etc);
  • Professores com larga atuação em empresas de riscos e exercício do trabalho;
  • Carga horária ampliada para melhor atender as necessidades de aprendizado do aluno (Curso parecer 19/87 - mínimo obrigatório = 600 horas/aula //// Curso PUCRS = 720 horas/aula + 24 horas/aula de seminários).

ao final do curso o aluno estará capacitado a:

  • Atuar como Engenheiro de Segurança do Trabalho – profissão reconhecida pelo CREA;
  • Capacitar para atuar em empresas industriais e do setor de serviços e em instituições de ensino, prevenindo a ocorrência de falhas na concepção e operação e preservando a saúde dos trabalhadores;
  • Propiciar aos profissionais condições para execução de programas de prevenção, assim como a elaboração de recomendações especificas, visando a melhoria das condições do trabalho.

unidade promotora

Faculdade de Engenharia

área do curso

Engenharias

modalidade

Presencial

DISCIPLINAS
Introdução à Engenharia de Segurança do Trabalho
• A evolução da engenharia de segurança do trabalho • Aspectos econômicos, políticos e sociais • A história do prevencionismo • Entidades públicas e privadas • A engenharia de segurança do trabalho no contexto capital-trabalho • O papel e as responsabilidades do engenheiro de segurança do trabalho • Acidentes: conceituação e classificação • Causas de acidentes: fator pessoal de insegurança, ato inseguro, condição, ambiente de insegurança • Consequência do acidente: lesão pessoal e prejuízo material • Agente do acidente e fonte de lesão Riscos das principais atividades laborais
Legislação e Normas Técnicas
• Inter-relações da área de SST com os ramos do direito • Conceito e fontes do direito do trabalho • Hierarquia das normas jurídicas • O trabalho como objeto do direito do trabalho • Consolidação das leis do trabalho • Trabalho da mulher e do menor • Relação de Trabalho e Relação de Emprego • Campo de aplicação do direito do trabalho • Conceitos em direito do trabalho • Relações de Trabalho (condomínio de empregadores; contrato de aprendizagem; estagio; terceirização e trabalho temporário; cooperativas de trabalho) • Organização sindical • Contribuição sindical / confederativa / assistencial • Conceito e jurisprudência em negociações coletivas de trabalho • Comissões de conciliação previa • Conceito legal do acidente de trabalho • Conceitos em legislação previdenciária • Atribuições do engenheiro e do técnico de segurança do trabalho • Responsabilidade profissional, trabalhista, civil e criminal a corresponsabilidade • Normas técnicas • Normas nacionais, estrangeiras e internacionais • Técnicas de preparo de normas, instruções e ordens de serviço • Portarias normativas e outros dispositivos legais • Embargo e interdição • Capitulo V da CLT: o NR-1; NR-2; NR-3; NR-4; NR-5; NR-6; NR 15; NR 16; NR-9; NR-28 • Título VII da CLT - Do processo de multas administrativas - Da fiscalização, da autuação e da imposição de multas administrativas pelo MTE/AFT. • Regulamento e normas de Inspeção do Trabalho. Convenções e recomendações da organização internacional do trabalho (OIT).
Higiene do Trabalho
• Introdução a Segurança do Trabalho • Normas ligadas a Higiene Ocupacional (NR-01, 02, 03, 04 e 28) • Higiene Ocupacional • Insalubridade • Periculosidade • CIPA (foco em higiene) • EPI´s • Proteção Respiratória • PPRA • Ruído • Frio e Calor • Vibrações • Iluminação • Agentes Químicos • Estratégias Amostragem • Laudos • Radiações Ionizantes • Agentes Biológicos Ventilação
O Ambiente e as Doenças do Trabalho
• Processo e organização do trabalho e fatores de risco ocupacionais. • Doenças profissionais e do trabalho: conceitos, classificação e epidemiologia. Agentes de risco. • Impactos do trabalho na saúde e no adoecimento dos trabalhadores. • Programa de Controle Médico de Saúde ocupacional. Monitoramento biológico. Interfaces com a Engenharia de Segurança do Trabalho. • Normas sanitárias e de conforto. • Insalubridade e agentes biológicos. • Legislação sobre doenças relacionadas ao trabalho. • Nexo técnico epidemiológico. • Toxicologia de gases, vapores, solventes e aerodispersóides. • Estratégias de prevenção das doenças do trabalho. • Noções de Primeiros Socorros. • Gestão da saúde ocupacional.
Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações
• Conceituação e importância • Arranjo físico • Máquinas, dispositivos, equipamentos e ferramentas. • Segurança em eletricidade • Segurança na construção civil • Segurança na agropecuária • Equipamentos de proteção individual. • Equipamentos de proteção coletiva • Segurança no trânsito • Inspeção de segurança e análise dos acidentes. • Comunicação, cadastro e estatística dos acidentes e custos dos acidentes • Manutenção preventiva e engenharia de segurança
Gerência de Riscos
• Conceito de risco e perigo. • Acidentes industriais ampliados: conceito, classificação, análise dos principais acidentes ocorridos. • Diretiva de Seveso • Convenção 174 da OIT – Prevenção de Acidentes Industriais Maiores. • Gerenciamento de risco. Metodologias para análise de risco de processos. TAF. • Análise Preliminar de Riscos (APR). Análise Preliminar de Riscos Ocupacional. • HAZOP • Noções de Confiabilidade • Análise de Árvore de Falhas (AAF) • Análise de Modos de Falha e Efeitos (AMFE). • Técnica de Incidentes Críticos (TIC). • Consequências de acidentes. Análise de consequências de acidentes. Análise de Árvore de Eventos (AAE) • Vazamento: liberação contínua e instantânea • Modelos de dispersão. Parâmetros necessários para modelo gaussiano. • Efeitos físicos associados a incêndios e explosões. • Análise de vulnerabilidade. • Planos de Emergência. • Aplicação das técnicas de análise de riscos no Licenciamento Ambiental de atividades
Ergonomia
• Introdução, Conceitos, Histórico e Aplicações: Ergonomia na Segurança do Trabalho; • NR17-Ergonomia e Análise Ergonômica do Trabalho-AET; • Biomecânica e Antropometria; Antropometria e Prossêmica; • Ergonomia não-Física: Percepção Visual e Cognição; • Acionamentos Manuais e Dispositivos de Informação: Controles e Mostradores; • Estresse e Fadiga; • Ferramentas de Apoio à AET: OWAS, RULA, REBA, Strain Index; Estudo de Casos.
Proteção do Meio Ambiente
• Política ambiental no Brasil e nos países desenvolvidos e Sustentabilidade Ambiental; • Recursos hídricos: parâmetros físico-químicos importantes na avaliação das águas e seu significado e Sistemas de tratamento de efluentes líquidos domésticos e industriais; • Recursos atmosféricos: principais contaminantes e técnicas de medição e de controle; • Resíduos sólidos: classificação, sistemas de tratamento e destino final; • Serviços básicos de saneamento em casos de emergências; • Remediação e Gerenciamento de Áreas Contaminadas; • Licenciamento ambiental; • Sistema de gestão ambiental. Avaliação de impacto ambiental. A série da ISO 14000 e ISO 18000; • Análise de Risco Ambiental.
Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento
• Os fundamentos do comportamento individual e a segurança do trabalho. • As diferenças individuais e suas influências na ocorrência de acidentes de trabalho. • A motivação humana e sua importância na prevenção de acidentes. • O comportamento grupal e sua relação com a segurança no trabalho. • A comunicação interpessoal e suas implicações na prevenção de acidentes. • O exercício correto da liderança e o estabelecimento de relações de confiança como estratégias de • combate ao acidente de trabalho. • O uso inadequado do poder e suas implicações na segurança do trabalho. • A negociação e a administração de conflitos como forma de prevenir acidentes.
Administração Aplicada à Engenharia de Segurança
• O processo de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais nas organizações • A Administração Organizacional na atualidade. • Conceitos e Princípios da Administração Política e Programa da Engenharia de Segurança do Trabalho Organização dos Serviços de Engenharia de Segurança do Trabalho Inter-relações de Engenharia de Segurança do Trabalho com as demais áreas da empresa Os aspectos éticos da profissão de Engenheiro de Segurança do Trabalho Recursos de Informática a serviço da Engenharia de Segurança do Trabalho • A Cultura de Segurança e o Tratamento de Desvios O projeto de Engenharia Segurança do Trabalho • Relação Custo-Benefício na prevenção de acidentes. • Elaboração Orçamentária para a Execução de um Programa de Segurança Organismos e Instituições relacionadas com a prevenção de acidentes do trabalho
Proteção Contra Incêndio e Explosões
• Características e comportamento do fogo • Propriedades de riscos de materiais - estudo de combustíveis • Causas de incêndio - classificação • Técnicas de prevenção contra incêndio • Agentes extintores • Técnica e prática do uso de espumas contra incêndio • Equipamentos utilizados em combate contra incêndio • Técnicas e táticas de combate a incêndio • Proteção respiratória em incêndio • Fundamentos de hidráulica aplicados à proteção contra incêndio • Gases e pós-combustíveis - explosões - limites de explosividade • Normalização e legislação sobre a proteção contra incêndio • Planos e programas de emergência - dimensionamento de recursos • Projeto de proteção contra incêndio • Proteção estrutural: identificação, seleção e análise de materiais, avaliação de carga-incêndio • Importância da análise dos processos industriais sob o ponto de vista do incêndio • Técnicas de inspeções e análise de causas de incêndio e explosões • Inspeções oficiais: órgãos públicos e seguradoras • Explosões: equipamentos e procedimentos • Incêndio e explosões na área de transportes: veículos, trens, metrôs, aeronaves e embarcações • Normas e procedimentos de seguros contra incêndio e sinistros • Planos de ação mútua e comunitária • Relação proteção pública e proteção privada • Laboratórios de ensaios no Brasil • Programa de proteção contra incêndio (PPCI)
Gestão de Pessoas
• Modelos de gestão de pessoas adotados pelas empresas e a atuação do profissional de Engenharia da Trabalho. • O profissional de Engenharia da Segurança do Trabalho e o seu papel como gestor de pessoas (novas atribuições, habilidades requeridas, responsabilidades adicionais, etc.). • O bom planejamento e recrutamento de pessoal como forma de prevenir problemas futuros. • O uso de testes e a correta seleção de funcionários para o desempenho do cargo. • Os programas de treinamento e desenvolvimento como estratégias eficazes na prevenção de acidentes de trabalho. • Métodos e avaliação de desempenho e seu efeito multiplicador no número e na gravidade dos acidentes de trabalho. • O lado perverso da remuneração variável e dos benefícios oferecidos aos funcionários. • O envolvimento do profissional de Engenharia da Segurança do Trabalho nas relações trabalhistas e na negociação sindical. • Administração de carreiras, tratamento justo e demissões. • O papel do Engenheiro de Segurança do Trabalho na administração de oportunidades iguais e da diversidade. • Modelos de estrutura organizacional (departamentalização, hierarquização, grau de centralização, etc.) e a maneira como a segurança do trabalho é conduzida. • A influência de aspectos culturais (cultura profissional, cultura organizacional, cultura regional, etc.) na geração de acidentes de trabalho. • Os efeitos da mudança organizacional na geração do estresse no trabalho.
Elaboração de Laudos e Perícias
• Análise de riscos ambientais e acidentes • Legislações trabalhistas e previdenciárias • Insalubridade e periculosidade • Instrumentos de medição • Quesitos de perícias • Modelos e requisitos mínimos em laudos e pericias • Práticas de abordagem em perícias
Métodos de Pesquisa
• Noções básicas acerca da formulação do conhecimento científico, • Elementos constitutivos de um projeto de pesquisa, • Normas de apresentação de relatório de pesquisa, Tabulação, • Análise de dados e redação final da monografia.
Orientação para o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
• O aluno irá definir o tema da monografia e o coordenador do curso irá verificar o melhor orientador entre os professores do quadro para acompanhar o aluno.
Atividades Extraordinárias de Aprendizagem
Seminários: serão convidados professores especialistas para ministrar 6 aulas (4 horas/aulas/cada) de assuntos complementares a serem definidos pelos alunos no final do período letivo, afim melhorar a aprendizagem de temas importantes.

trabalho de conclusão de curso - TCC

O TCC poderá ser concluído no prazo máximo de até 6 meses após a realização das disciplinas. Os horários de orientação serão definidos por cada Unidade Acadêmica.

PROFESSORES
Dr. Andre Hartmann Duhá
Esp. Claudio Hansen
Me. Daniela Bolner
Dr. Eduardo Estevam Rodrigues
Esp. Fabiani Ponciano Vitt
Ma. Jaqueline Maia Mânica
Me. Laurence R. Adorno
Esp. Leandro Botega
Esp. Luisa Tânia
Me. Mario Hamilton Villela
Me. Mosiris R. G. Pereira
Dra. Patricia Flores Magnago
Me. Roque Luiz Puiatti

Obs: Corpo docente sujeito a alterações.

coordenador

  • Prof. Me. Laurence Ricardo Adorno
  • E-mail: laurence.adorno@pucrs.br
  • Professor da Disciplina de Segurança Trabalho nos cursos de Graduação – PUC/RS (desde 2006). Prof. da Disciplina de Higiene Ocupacional na Espec. Eng. Segurança Trabalho - PUC/RS (desde 2005). Coordenador do Curso Pós-Graduação de Engenharia de Segurança do Trabalho - PUC/RS (desde 2005). Responsável por empresa de Consultoria em Higiene Ocupacional – desde 2002. Engenheiro de Segurança do Trabalho em empresa do Pólo Petroquímico/Triunfo (1999 a 2002).

INVESTIMENTO MATRÍCULA VALOR DA MENSALIDADE
Matrícula + 23 parcelas R$ 790,00 18 de R$ 790,00
 
PÚBLICO NÚMERO DE PARCELAS VALOR DA MENSALIDADE
Público em geral Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 790,00
Para dependentes de funcionários da PUCRS; Para professores, técnicos administrativos e pais de alunos da Rede Marista; Grupos de 5 ou mais participantes de uma mesma empresa ou empresas conveniadas; Funcionários do Centro Clínico, RAIAR e empresas instaladas no TECNOPUC; Dependentes de funcionários do INSCER, Gráfica EPECÊ e HSL. Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 711,00
PUCRS Alumni Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 695,20
Estudantes com faixa etária de 50 a 60 anos Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 632,00
Estudantes com faixa etária superior a 60 anos Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 553,00
Funcionários da PUCRS, HSL, Gráfica EPECÊ, INSCER (somente se viabilizado financeiramente o curso) Matrícula + 23 parcelas Matrícula + 23 de R$ 395,00
O pagamento do valor de matrícula deverá ser realizado na data da matrícula. O valor diferenciado, para as demais parcelas, é concedido a partir da primeira mensalidade do curso. As mensalidades iniciarão após o início do curso, com vencimento no dia 15 de cada mês, via boleto bancário.

orientações financeiras

Na modalidade de pagamento à vista é concedido ao estudante a redução de 10% sobre o valor de todas as parcelas. E, em havendo o cancelamento ou trancamento do curso, o cálculo dos valores de devolução referente as parcelas vencidas, será desconsiderada a redução concedida desde a matrícula paga.

financie seu curso com o crédito educativo

O Crédito Educativo possibilita o financiamento de 50% das parcelas do curso, com prazo de restituição equivalente ao número de parcelas utilizadas.

saiba mais
período local horário

De 07/11/2017 a 23/02/2018

Educação Continuada da PUCRS

Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 40 - sala 201

CEP: 90619-900 - Porto Alegre/RS - Brasil

Fone: (51) 3320-3727

E-mail: educacao.continuada@pucrs.br

Das 8h às 21h.

Pré-requisitos

Diploma de graduação em Engenharia ou Arquitetura.

Inscrição

Pode ser realizada pela internet ou presencial. O candidato deverá encaminhar o currículo. As vagas são limitadas e a PUCRS se reserva o direito de modificar e/ou prorrogar o período de inscrições.

processo de seleção dos candidatos

  • Análise de Currículo.

documentos necessários para matrícula

Para fins de matrícula e confecção dos certificados de conclusão de curso é necessário que o aluno apresente, obrigatoriamente, no momento da matrícula UM dos seguintes documentos:

  • RG Civil (para brasileiros);
  • Carteira de Trabalho;
  • Passaporte;
  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de Conselho (deve constar no documento nome de pai e mãe e a naturalidade);
  • CNH (só será aceita como documento de identificação do aluno se for apresentada juntamente com documento complementar que informe a naturalidade do aluno).

Além de um dos documentos listados acima o aluno deverá, obrigatoriamente, enviar a cópia do diploma de graduação.