Curso de Especialização


Farmacologia com Ênfase em Alimentos e Suplementos – 1ª Edição

O curso apresenta uma proposta inovadora para o aperfeiçoamento de profissionais de diversas áreas, que necessitam aprofundar os conhecimentos sobre alimentos e suplementos dietéticos. Abrange aspectos relacionados aos efeitos de alimentos e suplementos sobre funções essenciais de diferentes sistemas do organismo. Abrange aspectos toxicológicos e de interação, além de abordar os efeitos de alimentos e suplementos em doenças crônicas, transtornos alimentares, metabolismo, nutrição materno-infantil, intolerâncias alimentares e dietas esportivas.

manifestar interesse
INSCRIÇÕES INÍCIO DURAÇÃO

De 01/06/2017 a 04/08/2017

Dia 18/08/2017

De 18/08/2017 a 18/08/2018

12 meses ou 360 horas-aula.

horário das aulas

Sextas-feiras, das 19h às 22h45min e sábados, das 9h às 13h e das 14h às 18h. Aulas quinzenais.

objetivos

O curso tem por objetivo formar recursos humanos em farmacologia e toxicologia voltadas às ciências dos alimentos e suplementos alimentares com ênfase nos efeitos sobre a saúde humana, capacitando os alunos para a recomendação/orientação e/ou prescrição adequadas de alimentos ou suplementos dietéticos, nas mais diferentes condições, desde adequação para a prática de esportes, passando por períodos de gravidez e amamentação, até condições patológicas. Como objetivo adicional o curso pode contribuir com profissionais que trabalham na área de negócios e/ou inovação em alimentos e suplementos.

público-alvo

Nutricionistas, médicos (nutrólogos, pediatras, endocrinologistas, dermatologistas, ginecologistas/obstetras), educadores físicos, químicos, tecnólogos em Gastronomia, empresários da área de alimentos e suplementos.

diferenciais do curso

  • Curso inédito no Brasil;
  • Aborda aspectos da farmacologia e toxicologia de alimentos e suplementos que não são vistos em cursos de graduação;
  • A concepção do curso foi feita com base no que há de mais moderno em relação às ciências dos alimentos e suplementos;
  • Proposta multidisciplinar, aumentando o escopo de atuação dos participantes, independente a sua área de formação;
  • Oficina teórico-prática sobre toxicidade de utensílios de cozinha e embalagens.

ao final do curso o aluno estará capacitado a:

  • Aumentar o escopo de atuação de profissionais de saúde, químicos ou empresários que têm alimentos ou suplementos em suas áreas de atuação;
  • Recomendar/orientar ou prescrever (dependendo da especialidade) alimentos funcionais, nutracêuticos e/ou suplementos com maior segurança;
  • Reconhecer interações, efeitos adversos e funcionalidade de alimentos e suplementos alimentares;
  • Reconhecer/recomendar/orientar ou prescrever (dependendo da especialidade) alimentos funcionais ou fitoterápicos, modificando ou melhorando terapias farmacológicas e não-farmacológicas;
  • Aplicar os conhecimentos adquiridos no setor industrial e/ou de inovação de alimentos e suplementos alimentares.

unidade promotora

Instituto de Toxicologia

área do curso

Ciências da Saúde

modalidade

Presencial

DISCIPLINAS
Metodologia da Pesquisa Científica
A parte teórica da disciplina será destinada ao conhecimento e treinamento em interpretação e redação científica, em adição à capacitação para a utilização das principais bases de dados relevantes para as áreas de farmacologia e toxicologia. Ainda, serão destacados os aspectos éticos desse processo. Finalmente, ainda na parte teórica, serão discutidos alguns enfoques básicos de bioestatística. Como parte prática, serão discutidos os principais modelos experimentais utilizados em farmacologia e toxicologia, com ênfase em sua aplicação no setor produtivo e inovação.
Farmacologia Básica
Esta disciplina, de caráter teórico-prático, tem por objetivo discutir os principais aspectos envolvidos no processo de desenvolvimento dos fármacos, incluindo: ferramentas de identificação de um possível alvo terapêutico: as etapas pré-clínicas (estudos in vitro e in vivo) e clínicas; o uso de plataformas de ensaios para diferentes doenças; aspectos legais do processo de patenteamento dos fármacos, bem como as agências que regulamentam a comercialização dos mesmos em diferentes países (ANVISA, FDA e EMA). Serão discutidos, ainda, os principais aspectos éticos e legais em cada uma das fases. Serão abordados os principais aspectos relacionados ao desenvolvimento, caracterização e registro de fitoterápicos no Brasil, com noções de leis internacionais. Outro aspecto avaliado na disciplina será o desenvolvimento e a caracterização de biofármacos, bem como de biomateriais. Nesse último caso, com interesse especial em polímeros de aplicação médica e de nanocompósitos. Em todos os casos, serão destacados os principais tópicos relacionados a reações adversas, interações medicamentosas e alimentares e intoxicações, além de efeitos a longo prazo. O aluno será informado acerca das principais abordagens para a determinação de efeitos imunotóxicos e citotóxicos, com destaque para aqueles mais relevantes ao desenvolvimento e caracterização de novos fármacos, biofármacos e agentes quimioterápicos.
Interações entre Fármacos e Alimentos
A presente disciplina tem por objetivo abordar as principais interações entre fármacos, alimentos e/ou suplementos alimentares mais relevantes para a prática profissional, em diferentes áreas. Os efeitos das interações serão discutidos com ênfase nas alterações farmacocinéticas e farmacodinâmicas que já estão bem definidas na literatura. Serão ainda contemplados os possíveis efeitos de alimentos e/ou suplementos alimentares sobre medicamentos e, vice-versa, que ainda se encontram em fase de discussão. Esta disciplina servirá para orientar as atividades de prescrição farmacológica e dietética de profissionais de diferentes áreas, permitindo maior segurança nesses processos.
Farmacologia dos Transtornos Alimentares
A presente disciplina tem por objetivo abordar as principais classes de fármacos que provocam alterações no apetite (aumento e/ou supressão) como para efeito, bem como os fármacos que são utilizados para o tratamento dos transtornos alimentares. Esta disciplina servirá para orientar as atividades de prescrição farmacológica e dietética de profissionais de diferentes áreas.
Fármacos que Afetam o Metabolismo
A disciplina tem por objetivo abordar a farmacologia dos hormônios, com ênfase nas principais vias regulatórias, fármacos empregados, mecanismos de ação, aplicações clínicas, além dos efeitos adversos. Também serão discutidos os principais riscos da utilização de hormônios ou, de fármacos moduladores do metabolismo, para fins diferentes daqueles preconizados, em doses elevadas e sem prescrição adequada. O conteúdo a ser abordado envolve: (1) hormônio do crescimento: reposição e modulação da secreção; (2) reposição de insulina ou utilização de fármacos que aumentam a sensibilidade à insulina; (3) agentes que modificam a função da tireoide; (4) agentes que alteram a produção de gonadotrofinas/anabolizantes; (5) agentes que modificam o metabolismo ósseo.
Fármacos e Nutrição Materno-Infantil
  • Interações droga-nutriente e estratégias de monitoramento
  • Pré, pró e simbióticos
  • Fármacos e prescrição de suplementação de micronutrientes na gestação e lactação
  • Amamentação e o uso de medicamentos
  • Fármacos e prescrição de suplementação de micronutrientes na infância e adolescência
  • Fármacos e suas implicações nutricionais em pediatria
  • Fármacos e suas implicações nutricionais em crianças criticamente doentes
  • Fármacos em Nutrição Enteral em pediatria
  • Equipe multidisciplinar no manejo das interações droga-nutriente
  • Utilização de fármacos em doenças específicas e suas implicações
Fármacos e Nutrição em Intolerâncias Alimentares
  • Fármacos e suas implicações nos distúrbios relacionados ao glúten
  • Fármacos e suas implicações na alergia ao leite de vaca
  • Fármacos e suas implicações na intolerância à lactose
  • Fármacos e suas implicações nas alergias múltiplas
Fármacos e Nutrição em Doenças Crônicas
A disciplina tem por objetivo discutir a prescrição de fármacos e suplementos alimentares, além da adequação nutricional, em indivíduos com doenças crônicas, incluindo AIDS, câncer, diabetes, dislipidemias, hipertensão e alterações renais, entre outras. Serão contemplados os principais efeitos das doenças crônicas sobre o metabolismo, com ênfase no manejo farmacológico e nutricional dos pacientes afetados. Terapias locais com fins corretivos, como a administração de ácido hialurônico para pacientes com lipodistrofia, também serão abordadas. O manejo de pacientes com tumores associados à caquexia será abordado com enfoque multidisciplinar. Serão discutidas as estratégias farmacológicas e nutricionais inerentes ao tratamento de tabagistas e alcoolistas crônicos. Para as situações nas quais não há terapias bem definidas, serão abordados artigos científicos recentes sobre as tendências mais atuais.
Fármacos e Nutrição Esportiva (ênfase em doping e suplementos)
A disciplina tem por objetivo estudar a nutrição associada ao treinamento físico para o rendimento esportivo e a saúde. Buscar a compreensão sobre o papel suplementos alimentares, drogas, hormônios e outras substâncias como potenciais recursos ergogênicos. Discutir, ainda, os fármacos e as drogas que são proibidas pelas agências regulatórias nacionais e internacionais.
Fitoterápicos
A presente disciplina, de caráter teórico-prático, tem por objetivo discutir os conceitos gerais e a legislação relacionados ao desenvolvimento, prescrição e comercialização de agentes fitoterápicos. Aborda os aspectos da biodiversidade, preparação de extratos e frações, isolamento de compostos e testes pré-clínicos e clínicos, de acordo com as recomendações da ANVISA. Também tem por objetivo definir as diferenças e peculiaridades dessa classe terapêutica, discutindo as vantagens e desvantagens de utilização. Ainda contempla aspectos de mercado (no Brasil e no exterior) e oportunidades de inovação na área.
Nutracêuticos e Alimentos Funcionais
A presente disciplina tem por objetivo elucidar os conceitos e discutir as diferenças entre os Nutracêuticos e os Alimentos Funcionais. Dentro deste contexto, serão abordadas as diferenças na apresentação, concentração e absorção dos nutrientes. Ainda serão abordados os possíveis efeitos adversos decorrentes da utilização de alguns Nutracêuticos, bem como, serão discutidos estudos de casos de intoxicação descritos na literatura.
Toxicologia dos Alimentos
A disciplina de caráter teórico-prático se volta para análise de alimentos, onde aspectos relacionados à contaminação dos alimentos durante a produção, transporte, processamento e armazenamento, contaminantes orgânicos em alimentos, efeitos do processamento no conteúdo de substâncias tóxicas em alimentos, estudo dos principais compostos tóxicos encontrados nos alimentos, Estudo dos principais metais pesados em alimentos serão contemplados. A toxicologia dos aditivos empregados na conservação de alimentos, bem como o conhecimento das características que envolvem as intoxicações crônicas e agudas através da ingestão de substâncias químicas veiculadas pelos alimentos serão analisadas. Da mesma forma, os principais métodos de análise de substâncias tóxicas em alimentos, a descrição da legislação de alimentos e harmonizações internacionais e estudo das principais micotoxinas serão abordados.
Toxicologia dos Agrotóxicos
Introduzir a Toxicologia visando o entendimento específico do termo agrotóxico e de sua utilização na agricultura e veterinária para o controle de diversas pragas e vetores; identificar as classificações dos agrotóxicos, bem como aspectos ligados à sua periculosidade e toxicologia, conhecendo de maneira geral os principais efeitos tóxicos destes sobre os seres humanos.
Toxicologia Ambiental
A disciplina está fundamentada em duas etapas de abordagem: FUNDAMENTOS EM ECOTOXICOLOGIA E GENÉTICA TOXICOLÓGICA.
  • a) Fundamentos em ecotoxicologia estuda os efeitos adversos das substâncias químicas, considerando suas inter-relações no ecossistema e a atuação nos organismos. Os contaminantes podem manter suas características enquanto são transportados e distribuídos através do ambiente, ou sofrer transformações resultando em compostos com maior ou menor biodisponibilidade. As propriedades bioquímicas dos compostos e as rotas de exposição e absorção dos organismos podem permitir a biotransformação, a bioacumulação e o transporte através da cadeia alimentar acarretando diversos níveis de toxicidade e uma gama de respostas individuais e populacionais.
  • b) A genética toxicológica investiga os mecanismos de ação de agentes físicos, químicos e biológicos no material genético, bem como os processos de proteção de sua integridade. Investiga estratégias e ensaios para avaliar as consequências dos agentes mutagênicos e antimutagênicos nos diferentes organismos incluindo os reflexos em saúde humana.
Visitas Técnicas
A presente disciplina, de caráter teórico-prático, tem por objetivo correlacionar o conteúdo desenvolvido ao longo do Curso com visitas a empresas envolvidas no processo de fabricação de alimentos, bem como laboratórios públicos e privados que realizam análises com fins de monitoração e aprimoramento dos mesmos.
Orientação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

trabalho de conclusão de curso - TCC

O TCC poderá ser concluído no prazo máximo de até 6 meses após a realização das disciplinas. Os horários de orientação serão definidos por cada Unidade Acadêmica.

PROFESSORES
Dra. Aline Rose Cantarelli Morosolli
Dr. Andre Arigony Souto
Dr. Cláudio L. C. Frankenberg
Dr. Eduardo Sörensen Ghisolfi
Dra. Guendalina Turcato de Oliveira
Ma. Liamara Andrade
Dra. Maria Martha Campos
Dra. Maria Noêmia Martins de Lima
Dra. Raquel da Luz Dias
Dr. Tiziano Dalla Rosa

coordenador

  • Profa. Dra. Maria Noêmia Martins de Lima
  • E-mail: maria.lima@pucrs.br

    Graduação em Ciências Biológicas pela PUCRS. Mestrado e Doutorado em Gerontologia Biomédica pela PUCRS. Pós-doutorado pela UFRGS nas áreas de neurociências e psiquiatria experimental. Professora adjunta da Faculdade de Biociências da PUCRS. Foi coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento na NeuroAssay, uma empresa biofarmacêutica focada em pesquisa para descoberta e desenvolvimento de novas terapias para doenças neurológicas e psiquiátricas, câncer e doenças inflamatórias. Leciona diversas disciplinas na graduação, com ênfase em bioquímica e farmacologia, inclusive no Curso de Graduação em Nutrição.

PÚBLICO NÚMERO DE PARCELAS VALOR DA MENSALIDADE
Público em geral 19 R$ 540,00
Para professores, técnicos administrativos e pais de alunos da Rede Marista; Grupos de 5 ou mais participantes de uma mesma empresa ou empresas conveniadas; Funcionários do Centro Clínico, RAIAR e empresas instaladas no TECNOPUC; Dependentes de funcionários do INSCER, Gráfica EPECÊ e HSL. 19 1 de R$ 540,00 + 18 de R$ 486,00
PUCRS Alumni 19 1 de R$ 540,00 + 18 de R$ 475,20
Estudantes com faixa etária de 50 a 60 anos 19 1 de R$ 540,00 + 18 de R$ 432,00
Estudantes com faixa etária superior a 60 anos 19 1 de R$ 540,00 + 18 de R$ 378,00
Funcionários da PUCRS, HSL, Gráfica EPECÊ, INSCER (somente se viabilizado financeiramente o curso) 19 1 + 18 de R$ 270,00

orientações financeiras

O pagamento do valor de entrada deverá ser realizado no ato da matrícula. O valor diferenciado é concedido a partir da segunda parcela do curso para matrículas efetivadas no período regular.

Na modalidade pagamento à vista é concedido ao estudante redução de 10% sobre todas as parcelas. Neste caso, em havendo cancelamento ou trancamento do curso, para fins de cálculo da devolução do valor referente as parcelas vencidas, será cancelado a redução concedida desde a primeira parcela paga.

financie seu curso com o crédito educativo

O Crédito Educativo possibilita o financiamento de 50% das parcelas do curso, com prazo de restituição equivalente ao número de parcelas utilizadas.  

saiba mais
período local horário

De 01/06/2017 a 04/08/2017

Atendimento do Centro de Educação Continuada, prédio 40, sala 201.

Das 8h às 21h.

Inscrição

Pode ser realizada pela internet ou presencial. O candidato deverá encaminhar o currículo. As vagas são limitadas e a PUCRS se reserva o direito de modificar e/ou prorrogar o período de inscrições.

processo de seleção dos candidatos

Os candidatos são selecionados a partir da análise do currículo e à critério da Unidade será realizada entrevista individual ou prova de seleção  

documentos necessários para matrícula

Para fins de matrícula não serão aceitos documentos como CNH ou carteira de registro profissional, pois não preenchem os requisitos necessários para a emissão de certificado. É necessário, no momento da matrícula, apresentar os originais dos documentos solicitados. Para realizar a matrícula o candidato deverá entregar os seguintes documentos:

  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia da carteira de identidade.