Curso de Especialização
Intervenção Social com Famílias – 3ª Edição

O curso vai abordar as distintas configurações de famílias na contemporaneidade e as possibilidades de intervenção profissional. A Especialização é voltada para profissionais das áreas das ciências humanas, em especial as Ciências Sociais e Ciências da Saúde.

manifestar interesse
INSCRIÇÕES INÍCIO DURAÇÃO

De 07/11/2016 a 03/04/2017

Dia 04/04/2017

De 04/04/2017 a 25/07/2018

370 horas-aula ou 16 meses.

introdução ao curso

O Curso na modalidade em que esta sendo proposto esta em sua terceira edição. Nesta edição amplia-se a discussão sobre Família a partir dos apontamentos e avaliações dos docentes e discentes na busca constante da excelência. A coordenação e execução do Curso de Serviço Social da Escola de Humanidades e está sustentada na trajetória histórica dessa profissão que tem consolidado um percurso extraordinário e progressivo, na dimensão teórico-metodológico, ético-político e técnico operativo, o que confere um saber de excelência para execução do trabalho junto as famílias. No compromisso com um conhecimento cada vez mais amplo e que dê conta da diversidade, riqueza e complexidade da realidade, o Curso pretende absorver profissionais de outras áreas, seja das Humanas, Sociais, Educação, Comunicação, e Saúde que tenham interesse na abordagem com famílias na interface com as políticas públicas.

horário das aulas

Terças e quartas-feiras, das 19h30min às 22h45min.

objetivos

Abordar as distintas configurações da Família contemporânea e as possibilidades de intervenção profissional que potencializem as famílias como sujeitos na busca da efetivação de seus direitos e na construção de possibilidades diversas de enfrentamento aos desafios postos pela realidade.

público-alvo

Interessados em trabalhar com famílias no campo social (profissionais da área de saúde, assistência social, educação, direito, psicologia e áreas afins).

diferenciais do curso

  • Interdisciplinaridade tanto no corpo docente como no corpo discente;
  • Preparar para a intervenção inovadora com famílias;
  • Construção do saber de excelência para responder as novas demandas da realidade social.

ao final do curso o aluno estará capacitado a:

  • Elaborar novas compreensões a respeito dos processos vivenciados pelas famílias no momento.
  • Compreender as novas configurações familiares;
  • Propor formas inovadoras de abordagem das famílias;
  • Ampliar os conhecimentos sobre o tema tendo, como pano de fundo, as políticas sociais.

unidade promotora

Escola de Humanidades

área do curso

Ciências Sociais Aplicadas

modalidade

Presencial

DISCIPLINAS
História Social da Família
Problematizar a história social da família, com destaque para a história da criança e as mudanças no papel da mulher a fim de possibilitar uma compreensão critica dessa história contribuindo para a desmistificação de modelos e estruturas cristalizadas a respeito deste grupo social. Resgatar a história da família brasileira sua construção social. (Trata-se de disciplina teórica)
Desafios para a Família e para os Processos Interventivos: infância, adolescência e juventudes
Debate da construção histórica dos direitos e políticas públicas para a infância, adolescência e juventudes. Reflexão sobre as estratégias de intervenção social com crianças, adolescentes e jovens no âmbito das diversas instituições.
Desafios para a Família e os processos interventivos: contribuição a partir de diferentes áreas do conhecimento
A disciplina pretende abordar os enfrentamentos postos pela realidade da sociedade contemporânea às famílias e que exigem das profissionais ações interventivas pautadas em conhecimento teórico-metodológico e compromisso ético com ênfase na violência de gênero e nas leis de proteção amparados em abordagens e interpretações antropológicas e/ou de outras áreas do conhecimento.
Desafios para a Família e os processos interventivos: casamento, separação e adoção
A disciplina pretende abordar os enfrentamentos postos pela realidade da sociedade contemporânea às famílias e exigem dos profissionais ações interventivas pautadas em conhecimento teórico-metodológico e compromisso ético.
A Família na Sociedade contemporânea e os processos interventivos: famílias em vulnerabilidade
A disciplina pretende abordar os desafios postos às práticas profissionais com famílias em situação de vulnerabilidade com ênfase na comunicação e organização familiar, e nos processos de resiliência.
Metodologia da Produção Científica
Problematizar implicações éticas presentes na investigação cientifica e na produção de material teórico. Realizar a análise dos diferentes tipos de conhecimento e da evolução da ciência. O método científico em suas várias etapas. Apresentação, estrutura e organização do trabalho científico. A comunicação técnica e a redação técnica. Compreensão e interpretação de textos.
Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Projetos
Subsidiar participantes com conhecimentos próprias sobre Metodologia de Pesquisa que estimule a investigar de forma crítica a realidade e a partir deste conhecimento propor ações de intervenção propositivas e adequadas às demandas. Discussão e reflexão sobre a importância de elaborar projetos com ênfase nas particularidades dos projetos sociais. Caracterização das etapas de um projeto social. Exercícios práticos para a elaboração de projetos sociais.
Implicações éticas na abordagem com famílias
Problematizar as concepções de ética articulando com os cuidados éticos necessários na atuação profissional com famílias relacionando importância da Humanização e da Bioética nas abordagens.
Abordagens com famílias
Subsidiar quanto à elaboração de propostas metodológicas de intervenção nas relações familiares a partir da identificação das expressões da questão social. Promover a construção de propostas alternativas a partir de processos de investigação na realidade das famílias atendidas pelos participantes do curso. Reiterar a importância da instrumentalidade para abordagem com famílias e que possam ser utilizadas pelos profissionais de diferentes áreas de formação.
Dinâmica familiar
Subsidiar e promover a reflexão sobre o sistema relacional familiar considerando aspectos emocionais e psicológicos vinculados a dinâmica familiar propiciando melhor compreensão dos processos vividos pelas famílias.
Intersetorialidade entre as políticas públicas e centralidade na família I
Ao trabalhar o tema Intersetorialidade entre as políticas públicas e família articulará as diferentes políticas brasileiras, com destaque para a Política de Saúde e a direção desta na abordagem com famílias. Pretende-se abordar as diferentes concepções apresentadas pelas políticas, ações, programas e os diferentes equipamentos: NASF, ESF, etc.
Intersetorialidade entre as políticas públicas e centralidade na família II
Ao trabalhar o tema Intersetorialidade entre as políticas públicas e família articulará as diferentes políticas brasileiras, com destaque para a Política de Assistência Social e a direção desta na abordagem com famílias. Pretende-se abordar as diferentes concepções apresentadas pelas políticas, ações, programas, e os diferentes equipamentos: CRAS, CREAS, etc.
Orientação de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Planejamento execução do trabalho de conclusão de curso. Procedimentos éticos e metodológicos do projeto de pesquisa. Métodos de pesquisa: procedimentos para coleta e análise de dados, elaboração de relatórios de pesquisa, redação do trabalho final e normas técnicas.

trabalho de conclusão de curso - TCC

O TCC poderá ser concluído no prazo máximo de até 6 meses após a realização das disciplinas. Os horários de orientação serão definidos por cada Unidade Acadêmica.

PROFESSORES
Dra. Maria Isabel Barros Bellini
Dr. Giovane Antonio Scherer
Dr. Francisco Arseli Kern
Dra. Patricia Krieger Grossi
Dra. Maria Regina Fay de Azambuja
Dra. Fernanda Bittencourt Ribeiro
Dra. Bettina Steren dos Santos
Dra. Miriam Pires Correa Lacerda
Dra. Esalba Maria Carvalho Silveira
Dr. Francisco Arseli Kern
Dra. Beatriz Gershenson
Dra. Maria Palma Wolff
Ma. Claudia Deitos Giongo
Dra. Inês Amaro da Silva
Dra. Camilia Susana Faler
Ma. Rebel Zambrano Machado
Dr. Adolfo Pizzinatto

coordenador

  • Profa. Dra. Maria Isabel Barros Bellini
  • E-mail: maria.bellini@pucrs.br
  • Professora adjunta da PUCRS. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Trabalho, Saúde e Intersetorialidade/NETSI. Assistente social do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
  • Profa. Inês Amaro da Silva
  • E-mail: ines.amaro@pucrs.br

Taxa de Inscrição R$ 100,00
PÚBLICO NÚMERO DE PARCELAS VALOR DA MENSALIDADE
Público em geral 19 R$ 490,00
Para dependentes de funcionários da PUCRS; Para professores, técnicos administrativos e pais de alunos da Rede Marista; Grupos de 5 ou mais participantes de uma mesma empresa ou empresas conveniadas; Funcionários do Centro Clínico, RAIAR e empresas instaladas no TECNOPUC; Dependentes de funcionários do INSCER, Gráfica EPECÊ e HSL. 19 1 de R$ 490,00 + 18 de R$ 441,00
PUCRS Alumni 19 1 de R$ 490,00 + 18 de R$ 431,20
Estudantes com faixa etária de 50 a 60 anos 19 1 de R$ 490,00 + 18 de R$ 392,00
Estudantes com faixa etária superior a 60 anos 19 1 de R$ 490,00 + 18 de R$ 343,00
Funcionários da PUCRS, HSL, Gráfica EPECÊ, INSCER (somente se viabilizado financeiramente o curso) 19 1 + 18 de R$ 245,00

orientações financeiras

O pagamento do valor de entrada deverá ser realizado no ato da matrícula. O desconto é concedido a partir da segunda parcela do curso para matrículas efetivadas no período regular.

financie seu curso com o crédito educativo

O Crédito Educativo possibilita o financiamento de 50% das parcelas do curso, com prazo de restituição equivalente ao número de parcelas utilizadas.

saiba mais
período local horário

De 07/11/2016 a 03/04/2017

Atendimento do Centro de Educação Continuada, prédio 40, sala 201.

Das 8h às 21h.

documentos necessários para matrícula

Para fins de matrícula não serão aceitos documentos como CNH ou carteira de registro profissional, pois não preenchem os requisitos necessários para a emissão de certificado. É necessário, no momento da matrícula, apresentar os originais dos documentos solicitados. Para realizar a matrícula o candidato deverá entregar os seguintes documentos:

  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia da carteira de identidade.

processo de seleção dos candidatos

Os candidatos são selecionados a partir da análise do currículo e à critério da Unidade será realizada entrevista individual ou prova de seleção.

Inscrição

Pode ser realizada pela internet ou presencial. O candidato deverá encaminhar o currículo. As vagas são limitadas e a PUCRS se reserva o direito de modificar e/ou prorrogar o período de inscrições.

Pré-requisitos

  • Diploma de curso superior;
  • Graduados interessados na temática abordagens com famílias no campo social, até o limite de 30 alunos matriculados;
  • Disponibilidade para participar das aulas e cumprir o cronograma estabelecido.