Curso de Especialização


Restauração e Reabilitação do Patrimônio Edificado – 2ª Edição

A experiência e a sua avaliação crítica, na área da Preservação do Patrimônio Histórico tem demonstrado a existência de lacunas, em geral relacionadas a falta de preparo dos profissionais atuantes nessa área do conhecimento.

manifestar interesse
INSCRIÇÕES INÍCIO DURAÇÃO

De 07/11/2016 a 21/03/2017

Dia 23/03/2017

De 23/03/2017 a 26/05/2018

365 horas-aula ou 14 meses.

introdução ao curso

A fragilidade conceitual decorrente do desconhecimento da complexidade teórica e da diversidade das soluções técnicas e projetuais está relacionada à inexistência, até pouco tempo, de uma abordagem teórica e pratica dentro dos cursos de graduação e a pequena oferta de cursos de pós-graduação na área da restauração do patrimônio histórico.

Os conteúdos abordados nas disciplinas de restauro, nos cursos de arquitetura, tendem a apontar para uma demanda de conhecimento complementar. O mercado de trabalho incentiva cada vez mais o desenvolvimento desta área de conhecimento. De outra parte, pode-se perceber, cada vez com maior clareza, as dificuldades encontradas pelos profissionais que lidam com a preservação do patrimônio.

horário das aulas

Aulas mensais. Quintas, das 14h às 18h e das 19h30min às 22h30min; sextas-feiras e sábados, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Calendário parcial das aulas:

  • Março/Abril: 30/03, 31/03 e 01/04.
  • Abril: 27/04, 28/04 e 29/04.
  • Maio: 18/05, 19/05 e 20/05.
  • Junho: 08/06, 09/06 e 10/06.
  • Junho/Julho: 29/06, 30/06 e 01/07.

objetivos

Proporcionar o conhecimento das principais teorias sobre conservação e preservação do patrimônio cultural e de sua efetiva aplicação em determinados contextos. Estudar procedimentos de inventário, levantamento e diagnóstico em edificações históricas.

Objetivos Específicos

  • Aprofundar o reconhecimento das características físicas da obra de restauro: tecnologia de construção, materiais e técnicas, o estado de conservação e as possíveis causas das deteriorações;
  • Aprofundar o estudo da Preservação e Restauração como conhecimento aplicado, relacionando-o com outros campos do conhecimento;
  • Desenvolver a capacidade de interpretar criticamente a obra de restauro, avaliar seu estado de conservação, reconhecer as causas das deteriorações, estabelecer critérios de intervenção, além de conhecimento teórico-prático para a execução dos procedimentos;
  • Aprofundar a aplicação do conceito de restauração como instrumento de registro, de compreensão histórica e como instrumento de intervenção no patrimônio.

público-alvo

Arquitetos urbanistas e Engenheiros.

diferenciais do curso

  • Abordagem direcionada a atender as demandas da intervenção no patrimônio edificado;
  • Aulas teórico-práticas;
  • Capacitação para a realização de levantamentos para projetos de restauração.

ao final do curso o aluno estará capacitado a:

  • Realizar projetos para intervenção em pré-existências;
  • Identificar os fatores de degradação em edificações históricas;
  • Abordar a problemática referente ao patrimônio histórico cultural;
  • Aplicar nos exercícios projetuais os conceitos referentes a proteção e restauração do patrimônio arquitetônico.

unidade promotora

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

área do curso

Ciências Sociais Aplicadas

modalidade

Presencial

DISCIPLINAS
Panorama da Arquitetura I
A disciplina analisará as principais manifestações arquitetônicas que ocorreram no Brasil, do período colonial à contemporaneidade, destacando valores, influências e singularidades.
Panorama da Arquitetura II
A disciplina analisará as principais manifestações arquitetônicas que ocorreram no Brasil, do período colonial à contemporaneidade, destacando valores, influências e singularidades.
Teoria e História do Restauro I
: Estudo dos conceitos de patrimônio e restauro, da história da valorização da arquitetura do passado. O século XIX e o nascimento da conservação e restauro enquanto disciplina autônoma.
Teoria e História do Restauro II
Conservação, restauro e arquitetura contemporânea. História e evolução dos conceitos e regulamentos nacionais e internacionais da preservação do patrimônio cultural com ênfase na legislação atual e órgãos e instituições de apoio.
Teoria e História do Restauro III
Estudo dos conceitos de patrimônio e restauro, das principais teorias e cartas patrimoniais atinentes à preservação e restauração arquitetônicas. A conservação e o restauro e o Movimento Moderno. O pós-guerra e a crise dos postulados de base positivista. O restauro como intervenção crítica.
Materiais e Técnicas Tradicionais de Construção
Estudo dos materiais, das técnicas construtivas e dos processos de degradação dos materiais e componentes de monumentos e edificações de valor cultural e histórico. Estudo de materiais e técnicas especiais usados nas obras de intervenções de restauro: pedras, madeira, metal, argamassas de gesso, cal, cimento, mista e etc.
Reforços em Estruturas Antigas
Compreensão do processo de degradação das edificações e diagnóstico prevendo a consolidação das mesmas. Estudo dos telhados e peças em madeira. Peças estruturais. Subtelhados. Diferentes métodos de Reforço Estrutural referenciados às diferentes Patologias associadas e materiais empregados. Principais metodologias de cálculo para dimensionamento do reforço estrutural. Compreensão do processo de degradação das fabricas construtivas e diagnóstico prevendo a consolidação das mesmas. Utilização de técnicas modernas e antigas na consolidação das estruturas antigas. Arquitetura de terra, pedra e tijolos.
Argamassas Antigas
Parte teórica: A cal e sua utilização ao longo da história, a origem da cal, sua obtenção através da calcinação de rochas calcárias e os diversos tipos de cal. Areias, tipos de areias e sua granulometria. A água e sua importância na elaboração das argamassas. A utilização de aditivos orgânicos. As alvenarias históricas e as diversas patologias em rebocos. Parte prática: A extinção da cal e sua armazenagem, a elaboração de diversos tipos de argamassas e a utilização de aditivos orgânicos em sua composição. Sua aplicação prática. A elaboração de corpos de prova e os possíveis ensaios a serem realizados.
Estudo de Cores em Edificações Antigas
Abordagem das questões críticas que são estética e formalmente determinantes na escolha das cores para a pintura das edificações de interesse cultural. Conceitos e procedimentos nas intervenções. Treinamento básico e contato com a metodologia de projeto de restauro cromático. Abordagem conceitual dos temas da composição e da cor em arquiteturas patrimoniais, estudo de palhetas de cores recorrentes em arquiteturas historicistas, metodologias de intervenção, técnicas de identificação de estratos antigos, critérios éticos da restauração e reconstituição de técnicas antigas.
Patologias Construtivas e Diagnóstico
Levantamento e caracterização de manifestações patológicas: umidade, fissuras e trincas, descolamento de revestimentos. Métodos e técnicas de levantamento, diagnóstico e intervenção. Capacitar o aluno para a realização de diagnóstico, interpretação e escolha do processo de recuperação em cada caso. Aplicação dos conceitos em um estudo de caso.
Prospecções e Ensaios
O diagnóstico das patologias de um edifício como um todo ou em suas partes significa identificar as manifestações e sintomas das falhas, determinar as origens e mecanismos de formação, estabelecer procedimentos e recomendações para a prevenção. Estudar os procedimentos de prospecção e ensaios, para o estudo dos aspectos físicos, mecânicos, biológicos e químicos envolvendo a estrutura arquitetônica e a fundamentação da história do edifício através de sua evolução espacial e construtiva.
Iluminação em Edificações Históricas
Iluminação natural e artificial em edificações especiais (históricas e museus). Legislação e normas específicas. Pré-dimensionamento e lançamento de instalações elétricas.
Levantamento e Projeto em Restauro I
O levantamento métrico arquitetônico é um dos estudos técnicos preliminares. Fornece dados relativos às características físicas e estado de conservação do imóvel, entre estas a implantação, configuração espacial, tipologia, morfologia, técnicas construtivas empregadas, eventuais etapas de execução e/ou acréscimos que ao longo da sua história foram sendo realizados e lesões que afetam a preservação. A coleta e sistematização dos dados fundamentam a intervenção, entendida como um procedimento científico e um ato crítico. A disciplina apresenta procedimentos e técnicas para a execução do levantamento e consta de aulas teóricas, trabalho de campo e graficação em atelier.
Levantamento e Projeto em Restauro II
O levantamento métrico arquitetônico é um dos estudos técnicos preliminares. Fornece dados relativos às características físicas e estado de conservação do imóvel, entre estas a implantação, configuração espacial, tipologia, morfologia, técnicas construtivas empregadas, eventuais etapas de execução e/ou acréscimos que ao longo da sua história foram sendo realizados e lesões que afetam a preservação. A coleta e sistematização dos dados fundamentam a intervenção, entendida como um procedimento científico e um ato crítico. A disciplina apresenta procedimentos e técnicas para a execução do levantamento e consta de aulas teóricas, trabalho de campo e graficação em atelier.
Acessibilidade em Ambientes Históricos
Conceito de Acessibilidade e a Legislação Brasileira; Acessibilidade e Patrimônio Histórico; A Ferramenta para a Compreensão dos Fatores Humanos na Cidade: Ergonomia Urbana; Condições Urbanas de Acessibilidade e Mobilidade em Sítios Históricos.
Intervenções em Centros Históricos
Abordagem de intervenções significativas, empreendidas ou em fase de empreendimento, em centros históricos.
Rearquiteturas I
Conceitos sobre refuncionalização arquitetônica – reciclagem/rearquitetura. Análise de projetos novos propostos em estruturas arquitetônicas e urbanas pré-existentes. Coexistência de linguagens arquitetônicas contemporâneas e pregressas.
Rearquiteturas II
Conceitos sobre refuncionalização arquitetônica – reciclagem/rearquitetura. Análise de projetos novos propostos em estruturas arquitetônicas e urbanas pré-existentes. Coexistência de linguagens arquitetônicas contemporâneas e pregressas.
Orientação de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

trabalho de conclusão de curso - TCC

O TCC poderá ser concluído no prazo máximo de até 6 meses após a realização das disciplinas. Os horários de orientação serão definidos por cada Unidade Acadêmica.

PROFESSORES
Dr. Renato G. G. Menegotto
Dra. Raquel Rodrigues Lima
Ma. Maturino Salvador da Luz
Dra. Ana Lúcia Goelzer Meira
Dra. Maria Beatriz Medeiros Kother
Dr. Jairo Jose de Oliveira Andrade
Esp. Felipe Brasil Viegas
Dr. Fernando Antônio Piazza Recena
Dra. Natalia Nauomova
Esp. Gilberto José Corrêa da Costa
Esp. Ana Maria Bones Beltrami
Dr. Mario dos Santos Ferreira
Dra. Briene Elizabeth Panitz Bicca
Me. Flavio Kiefer
Me. Paulo Cesa Filho

coordenador

  • Profa. Dra. Maria Beatriz Medeiros Kother E-mail: maria.kother@pucrs.br Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1984), doutorado em Arquitectura pela Universitat Politécnica da Catalunya(1995) e pós-doutorado pelo Instituto Superior Técnico(2015). Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Taxa de Inscrição R$ 100,00
PÚBLICO NÚMERO DE PARCELAS VALOR DA MENSALIDADE
Público em geral 19 R$ 650,00
Para dependentes de funcionários da PUCRS; Para professores, técnicos administrativos e pais de alunos da Rede Marista; Grupos de 5 ou mais participantes de uma mesma empresa ou empresas conveniadas; Funcionários do Centro Clínico, RAIAR e empresas instaladas no TECNOPUC; Dependentes de funcionários do INSCER, Gráfica EPECÊ e HSL. 19 1 de R$ 650,00 + 18 de R$ 585,00
PUCRS Alumni 19 1 de R$ 650,00 + 18 de R$ 572,00
Estudantes com faixa etária de 50 a 60 anos 19 1 de R$ 650,00 + 18 de R$ 520,00
Estudantes com faixa etária superior a 60 anos 19 1 de R$ 650,00 + 18 de R$ 455,00
Funcionários da PUCRS, HSL, Gráfica EPECÊ, INSCER (somente se viabilizado financeiramente o curso) 19 1 + 18 de R$ 325,00

orientações financeiras

O pagamento do valor de entrada deverá ser realizado no ato da matrícula. O desconto é concedido a partir da segunda parcela do curso para matrículas efetivadas no período regular.  

financie seu curso com o crédito educativo

O Crédito Educativo possibilita o financiamento de 50% das parcelas do curso, com prazo de restituição equivalente ao número de parcelas utilizadas.

saiba mais
período local horário

De 07/11/2016 a 21/03/2017

Educação Continuada da PUCRS Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 40 - sala 201 CEP: 90619-900 - Porto Alegre/RS - Brasil Fone: (51) 3320-3727 E-mail: educacao.continuada@pucrs.br

Das 8h às 21h.

Pré-requisitos

Ser portador de diploma de curso superior (obrigatório) na área de arquitetura e urbanismo; engenharia civil.  

Inscrição

Pode ser realizada pela internet ou presencial. O candidato deverá encaminhar o currículo. As vagas são limitadas e a PUCRS se reserva o direito de modificar e/ou prorrogar o período de inscrições.

processo de seleção dos candidatos

Os candidatos são selecionados a partir da análise do currículo e à critério da Unidade será realizada entrevista individual ou prova de seleção  

documentos necessários para matrícula

Para fins de matrícula não serão aceitos documentos como CNH ou carteira de registro profissional, pois não preenchem os requisitos necessários para a emissão de certificado. É necessário, no momento da matrícula, apresentar os originais dos documentos solicitados. Para realizar a matrícula o candidato deverá entregar os seguintes documentos:

  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia da carteira de identidade.